Menu

RÁDIO
IPIRÁ AM 

Estudantes baianos criam aplicativo para orientar mulheres a denunciar violência

12 MAR 2018
12 de Março de 2018

No mês em que se celebra o Dia Internacional da Mulher (8 de março), os estudantes Alan Robert do Carmo, 17, e Carlos Eduardo Soares, 18, 3º ano do Colégio Estadual Sete de Setembro, localizado no bairro de Paripe, no Subúrbio Ferroviário de Salvador, criaram o aplicativo ‘Conscientizando’, com o objetivo de orientar as mulheres a denunciar violência contra elas. O App pode ser baixado em qualquer celular androide e traz como conteúdo inicial a Lei Maria da Penha – que foi sancionada em 2015 e considerada pela Organização das Nações Unidas (ONU) como uma das três melhores legislações do mundo no enfrentamento à violência contra as mulheres – e um canal de denúncia.

A ideia do aplicativo surgiu nas aulas de Língua Inglesa, quando a professora Cíntia Bárbara pediu que os alunos elaborassem um projeto de campanha publicitária voltada ao tema da violência contra a mulher. Alan e Carlos Eduardo se juntaram e optaram por criar algo que despertasse maior atenção dos jovens. “Daí criamos o App, em uma versão bilíngue (Português e Inglês) porque imaginamos que seria algo impactante e adequado, já que qualquer pessoa pode denunciar atos de violência contra a mulher de forma anônima, levando em conta que muitas não denunciam por medo”, diz Alan Robert.

O colega Carlos Eduardo explica o passo a passo para baixar o aplicativo. Por meio do Google, busca o aplicativo pelo endereço http://conscientizandoprojeto.blogspot.com.br/2018/03/blog-post.html?m=1. Ao aparecer o ícone do aplicativo, clica em ‘baixar’, que levará o internauta para um site chamado Media Fire. Clica no botão verde para dar início ao download.
Voltar

Estamos em fase de migração para FM

Praça José Leão dos Santos nº 325 1º andar, centro Ipirá Ba  - Tel:  075 3254-2830 - 75* 99136-2500